A nova Miss Siri Lanka, tem a coroa arrancada e precisa ir para o hospital

Ouça essa notícia

Pushpika Da Silva. Foto: Reprodução da internet.

Na cerimônia do Miss Siri Lonka, a Pushpika Da Silva teve sua coroa arrancada pelas mãos da Miss Mundo 2020, que com suas unhas acabou machucou a coroada que precisou ir para o hospital.

Durante a coroação, a ex-miss Caroline Jurie, suniu no palco da competição internacional acusando Pushpika de ser divorciada e que por esse motivo, não seria digna da coroa:

“Há uma regra que impede mulheres que já tenham sido casadas e sejam divorciadas, então estou tomando medidas para que a coroa vá para a segunda colocada”, expressou a ex-miss mundo.

Jurie, depois de arrancar a coroa da suposta divorciada, coroou a modelo que estava em segundo lugar. A vencedora saiu do palco chorando e o público se surpreendeu com todo esse babado rolando no palco.

Depois da grande confusão, Pushpika deu uma entrevista ao jornal, News 1st, e afirmou não ser divorciada, e que ela e o marido vivem em casas diferentes, apenas:

“Viver em casas separadas e ser divorciada são coisas completamente diferentes. Já tomei medidas legais contra a injustiça e a humilhação causadas no evento”.

Nesta segunda, dia 5, a Miss eleita, provou a sua afirmação e teve o seu prêmio de volta.

Em seguida, a oficialmente Miss Sri Lanka, entrou na Justiça contra os organizadores do evento e também contra a ex-Miss 2019.

O processo foi aberto por injúria, difamação, humilhação e lesão corporal. Isso sim é babado, confusão e gritaria!

Compartilhe