A nova temporada do reality teve muita emoção e pratos surpreendentes

Ouça essa notícia

Foto: Reprodução da jnternet

Nesta quinta-feira (6/5) a Globo exibiu a 3ª temporada do Mestre do Sabor. O reality iniciou com a disputa entre os chefs com a prova “Prato de Entrada”. Nesta etapa os jurados Kátia Barbosa, Leo Paixão e Rafa Costa e Silva tiveram dificuldade em escolher os 18 participantes que iriam compor o seus respectivos times.

O programa foi recheado de muitas histórias inspiradoras, muita emoção e pratos de dar água na boca!

Na prova da estreia, os participantes tiveram que impressionar os mestres com temperos e conquistar uma vaga no programa.

O Chef Leo Modesto foi um dos primeiros escolhidos. Ele apresentou uma Poqueca de Pirarucu no Tucupi defumado. Os mentores Kátia Barbosa e Leo Paixão deram sinal verde para o seu prato, dando o direito ao paraense decidir entre os dois. Léo Modesto ficou com a mestre carioca.

Outra aprovada pelos mestres do sabor foi a mineira Bruna Martins. A chef, enquanto preparava o seu prato bem animada, conversou com Claude e Batistas, diretores da edição. Bruna foi escolhida Kátia e Leo com o seu Cupim, broa e café.

Quem também acertou em cheio e agradou o paladar dos jurados foi o carioca Rodrigo Guimarães. Ele chegou com tudo no reality e apresentou seu arroz meloso com rapadura e barriga de porco. Os mentores chegaram a aplaudir a obra gastronômica do carioca. Rodrigo ficou no Time Rafa.

A paulistana Aline Guedes de cara conquistou Claude que logo se empolgou com ela na cozinha. A chef é uma velha conhecida, pois já participou do The Taste, programa gastronômico do GNT, como integrante do time do francês. Aline escolheu apresentar um prato que remete à família e ao seu estudo sobre a culinária quilombola. O prato era um Papillote de robalo com pupunha ao molho bobó de lagostim. Leo Paixão apertou o botão verde e garantiu a paulistana em seu time.


A paraense Bia Pimentel, o carioca Marcelo de Souza, a brasiliense Laninha Camargo, o baiano Matheus Almeida, o mineiro Pedro Barbosa, o pernambucano Cadu Moura, o curitibano Danilo Takigawa, a mineira Ju Lima, a paulistana Carol Francelinho, o paulistano Pedro Franco, o rondoniense Diogo Sabião, a mineira Ana Gabi, a carioca Ana Carolina Garcia, a paulistana Vitória Gasques e o carioca Rafa Ramos, também foram aprovados na competição gastronômica.

Infelizmente, não deu pro piauiense Herschek Veras, que apresentou um prato que leva um ingrediente criado pela sua própria família: a galinha da canela preta. Sua receita ganhou elogios dos mestres, mas nenhum deles apertou o botão verde, deixando Veras fora da competição.

Na próxima semana, novamente na quinta-feira será a fase “Na Pressão” às 22h45 na TV Globo.

Compartilhe