APRESENTADOR É ACUSADO DE AGREDIR NAMORADO POR CIÚMES. “CHEGUEI A TOMAR VENENO PARA ME MATAR.”

Ouça essa notícia
Reprodução da Internet - Fernando Mariano Neto.

Gente, esse 2021 está tão estranho, que nem o clima do dia dos namorados quis comparecer rsrs.

Prestes a data mais apaixonada do ano o namorado do apresentador de televisão Márcio Diniz, que já passou por emissoras como a RedeTV! e Rede Família e conhecido no meio sertanejo pela locução, está acusando o ex-companheiro de agressão física. 

De acordo com Fernando, o apresentador e locutor de rodeios teria o agredido por ciúmes. O famoso, que comanda o Encontro Rural, negou as acusações e disse que está sendo vítima de extorsão pelo ex-namorado.

O autônomo afirmou que ele e Márcio iniciaram o namoro em novembro de 2019. Bastante carinhoso no começo da relação, o apresentador teria mudado seu modo de agir em pouco tempo, mostrando-se violento. “Ele fez com que eu excluísse as redes sociais e fizesse novas, trocasse de número [de telefone], me afastou dos meus amigos. Tive que viver a vida dele, do jeito que ele queria“, disse com exclusividade ao portal “ EM OFF”.

Ainda segundo o autônomo, a primeira agressão ocorreu cerca de um mês depois do início do namoro, em dezembro de 2019. “Como foi a primeira vez, ele pediu desculpas e disse que não ia fazer novamente. Eu desculpei achando que não iria se repetir, mas aconteceu“, afirmou Fernando.

Segundo a vítima, ambos moraram juntos em Pinhalzinho, cidade do interior do Estado São Paulo, e lá as agressões continuaram. “Cheguei a tomar veneno de rato pra me matar“, comentou Fernando. A agressão mais recente teria ocorrido no dia 29 de maio. O autônomo registrou um boletim de ocorrência na delegacia de Jarinu, cidade próxima a capital paulista.

Ao colunista Erlan Bastos, Fernando alegou que eles viveram juntos por um ano e seis meses e que, nesse período, Márcio o impediu de trabalhar. “Trabalhava fazendo as coisas para o programa dele, , nunca me registrou e nem pagou salário“, disse. “Não estaria denunciando se não não tivesse como provar, foi um ano e seis meses de um relacionamento abusivo, agressivo e tóxico.”

O apresentador do “Encontro Rural”, programa atualmente exibido no YouTube e pela PPZ TV, do Paraná, disse que a acusação do ex-namorado é uma armação e que ele está sendo vítima de extorsão, já que Fernando estaria pedindo dinheiro para que não divulgasse a história.

Ao “EM OFF”, ele confirmou que teve uma briga com Fernando e que o agrediu, mas argumenta que tudo foi em legítima defesa. “As fotos [de Fernando] são de uma briga esporádica que a gente teve uma vez, e eu tenho as fotos também do estado que eu fiquei. Eu também fui agredido“, explicou o locutor. “Ele esperou passar mais de um ano para trazer isso à tona“

“Ele guardou [as fotos] por todo esse tempo para me ameaçar, ele falava que ia mandar para meus clientes, o pessoal que eu trabalho“, ressaltou. Márcio disse que, por muito tempo, se deixou levar pelas ameaças e que tem provas da tentativa de extorsão praticada por Fernando. “Falei para ele seguir a vida dele. Eu estou tranquilo demais [com a situação]“.

Ainda sobre a coluna, o apresentador disse que em relação as afirmações de que não permitia que o então namorado trabalhasse, são afirmações mentirosas. “Nunca impedi ele de trabalhar, ele nunca teve vontade de aprender e ficava me sugando, tudo era eu que pagava. Ele nunca trabalhou nas minhas gravações“.

Márcio disse também que nunca morou com Fernando. “Eu quis ajudar porque ele tem problemas na família, no primeiro encontro fiquei com dó, quis ajudar“, apontou. “Pra mim, é vida que segue“, encerrou.

Reprodução da internet - Marcio Diniz, locutor e apresentador.
Compartilhe