De mãe para filho, artistas que escreveram sobre à maternidade

Ouça essa notícia

No final de semana que celebra essa data mais que importante para todas as mães e filhos, selecionamos 7 músicas que foram embaladas pelo sentimento de maternidade.

Através dessas canções que foram feitas por mães em homenagem aos seus pequenos, realizamos uma tentativa de eternizar os sentimentos da maternidade amor incondicional.


Mallu Magalhães – “Casa pronta”
(vídeo dá música)

A música doce, composta e gravada ainda durante a gestação, de forma acústica, é uma homenagem de Mallu à sua primeira filha, Luiza. De forma delicada, a música faz um retrato da espera pela chegada da criança,
fruto do relacionamento com o cantor Marcelo Camelo.

“Belo dia será quando você chegar
Um travesseiro, um cobertor
E o carinho que dá e sobra
Comprei até ventilador
E arrumei o seu guarda-roupa
Você nem sabe quando vem
E já tem amor pra vida toda”


Ivete Sangalo – “Agora eu já sei”
(vídeo dá música)

À baiana lançou a canção em 2009, que relata os sentimentos que a invadiu quando começou a vivenciar a maternidade é o amor incondicional por seus pequenos.

“Agora eu já sei
Que me falta sempre a razão
Traduzir melhor na emoção
Do que trago aqui, bem dentro de mim
Dentro de mim”



Cássia Eller – “No recreio”
(vídeo dá música)

Famosa na voz de Eller, mas escrita por seu grande amigo Nando Reis, à música “No recreio”, ganhou notoriedade pela musa dá MPB é está presente no primeiro disco póstumo da cantora. Através de sua voz forte é cheia de emoção, a canção é uma declaração de amor pelo filho Chicão, embalada por versos e poesia:

“No meu coração, fiz um lar
O meu coração é o teu lar
E de que me adianta tanta mobília
Se você não está comigo
Só é possível te amar”


Maria Rita – “Cria”
(vídeo dá música)

Escrita por Serginho Meriti e César Belieny, a canção vivenciada na voz de Maria Rita conta com a participação do filho da cantora, Antônio, na época da gravação, com três anos. “A melodia é linda, gravamos uma brincadeira do Bento, filho do Tom Capone (produtor musical) e do João”, contou a cantora em uma entrevista.


“Crescendo foi ganhando espaço
pulou do meu braço
nasceu outro dia
já quer ir pro chão
já fala mãe, já fala pai
já não suja na cama,
não quer mais chupeta, já come feijão
e posso até ver os meus traços
nos primeiros passos
tropeça, seguro, e não deixo cair”

Madonna – “Little star”
(vídeo dá música)

À diva pop gravou sua primeira música em homenagem à primogênita, Lourdes Maria, com seu nascimento em 1998. À partir desta, a cantora já compôs outras músicas dedicadas à seus filhos, incluindo uma continuação de “Little star”, a canção “Superstar”, presente no álbum “MDNA”, de 2012, na qual a filha participa como backing vocal do hit.

 

Beyoncé – “God made you (Beautiful)”
(vídeo dá música)

Como se não fosse bom o bastante ser filha de Beyoncé com o rapper Jay Z,
À pequena Blue Ivy, primeira filha do casal, ganhou em 2013, uma canção totalmente dedicada à ela. À música também apareceu no documentário “Beyoncé: a vida não é apenas um sonho”.


“Quando você nasceu
Os anjos suspiraram encantados
Eles nunca pensaram que teriam uma visão tão linda
Você respirou
E o mundo era certo novamente”

Adele – “Remedy”
(vídeo dá música)

No processo de criação do seu álbum “25”, Adele disse em várias entrevistas que se sentia monotemática depois da gravidez. “Eu não tinha assunto. Meu filho é o amor da minha vida e a luz da minha vida, mas ele não é ninguém para as pessoas, além de mim e seu pai. Ninguém poderia se identificar com isso”. A cantora decidiu então abordar vários temas em seu disco e escreveu à canção “Remedy” em homenagem ao filho.

“Nenhum rio é muito largo ou muito profundo para eu nadar até você
Venha qualquer hora,
eu vou ser o abrigo que não deixe a chuva passar
Seu amor é a minha verdade”

Compartilhe