Empresa de Xuxa é denunciada por trabalho análogo a escravidão

  • Deu a louca
Ouça essa notícia

Empresa na qual Xuxa é sócia está sendo alvo de denúncia trabalhista. Foto: Reprodução Internet

A empresa Espaço Laser da qual Xuxa é sócia está sendo alvo de uma denúncia trabalhista, de acordo com a jornalista Fábia Oliveira, do jornal “O Dia”. Uma fisioterapeuta contou que foi obrigada a trabalhar em condições análogas em duas ocasiões diferentes.
De acordo com a fisioterapeuta Maria Beatriz Maya, que foi contratada em 2017 e voltou em 2020 a unidade do Shopping Boulevard de Belo Horizonte, a empresa fazia com que as funcionárias trabalhassem em condições precárias. “Após o treinamento que fizemos em São Paulo – no qual ficamos sete meninas em um apartamento de dois quartos, onde muitas tiveram que dormir no chão e outras sem cobertas – eles deixam claro que somos contratadas como fisioterapeuta subliminarmente, porque somos vendedoras”, disse.
Ela ainda detalhou que havia um revezamento na unidade do Shopping Savazi em que se tinha uma escala onde a gerente fazia a limpeza e a faxina. As profissionais ainda precisavam ir em um setor de faxina fora da clínica para pegar baldes de água e colocar em uma pia falsa para fazer a limpeza. Maria ainda detalhou que elas ficavam horas sem tomar água e ir ao banheiro, já que ambos ficavam longe.
A fisioterapeuta voltou a trabalhar temporariamente na empresa em 2020 e esperava que as condições de trabalho fossem melhores, mas não conseguiu ficar nem um mês na unidade. Ela afirma que não processou a empresa na época por medo de ameaças e de não conseguir mais emprego.
Em nota, a empresa disse que tomará as medidas necessárias para garantir que todos os protocolos de segurança e higiene sejam seguidos, bem como as políticas para as boas condições de trabalho em todas as unidades.
Confira a nota na íntegra.
“A Espaçolaser afirma que está apurando as informações recebidas e tomará as medidas necessárias para garantir seus rígidos protocolos de segurança e higiene, bem como as políticas para boas condições de trabalho em todas as suas unidades. Como uma das maiores empregadoras de fisioterapeutas do Brasil, com mais de 1.500 profissionais, a companhia reforça o cumprimento rigoroso das leis trabalhistas vigentes, além de oferecer um programa exclusivo de treinamento e capacitação, que conta com o envolvimento de diversas áreas internas para garantir a qualidade do programa. Comprometida com o bem-estar e desenvolvimento de seus colaboradores, a Espaçolaser foi reconhecida em 2020 como uma das Melhores Empresas para a Mulher desempenhar sua atividade profissional, segundo a consultoria Great Place to Work – GPTW. No mesmo ano, a companhia lançou o projeto Mel Acolhe, um programa de apoio às suas colaboradoras vítimas de violência doméstica, através de um canal para apoio às mulheres. Por fim, a Espaçolaser reforça que, durante a pandemia, redobrou seus protocolos de higiene e segurança, já usuais em suas unidades, reiterando o compromisso com a saúde de seus clientes e colaboradores, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, governos municipais e estaduais, assim como do CREFITO-3 (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional)”, disse.

Saiba mais:

Compartilhe