Gabigol e MC Gui são flagrados em Cassino de São Paulo e podem responder por crime contra a saúde pública e jogo de azar

Ouça essa notícia

Gabigol e MC Gui podem responder processo. Foto: Reprodução Internet

O jogador Gabigol e o MC Gui foram flagrados em um cassino clandestino durante uma operação da Polícia Civil no bairro da Vila Olímpia em São Paulo na madrugada deste domingo. O jogador foi levado a Delegacia de Crime contra a Saúde Público e foi liberado, mas responderá à Justiça. No local além dos dois havia ainda 200 pessoas e todos responderão por crime contra a saúde pública e jogo de azar.

Gabigol e MC Gui assinaram um termo se comprometendo a prestar esclarecimentos futuros, mas não correm risco de prisão, segundo o delegado Eduardo Brotero. Como os crimes são considerados de menor potencial ofensivo as pessoas não ficam presas. Elas concordando em participar dos atos judiciais requisitados, há substituição da prisão em flagrante por termo circunstancial.

De acordo com a Polícia o jogador estava escondido embaixo de uma mesa do cassino durante a operação. Quem gravou a ação foi o deputado federal Alexandre Frota que esteve no local.

Inicialmente, o objetivo era coibir uma festa clandestina e só quando estavam no local os agentes descobriram que se tratava de um cassino.

Compartilhe