GKAY É A “MORENA” DE LUAN SANTANA E COM DIREITO A BEIJO QUENTE. VEJA

Ouça essa notícia
Reprodução da Internet -Luan Santana e Gkay.

Calma! A morena oficial do Luan Santana ainda é a modelo Natalía Barulích. Mas, Gkay é a morena do cantor apenas para ação promocional.

Desde o dia 9, Santana disparou uma série de ações envolvendo suas redes sociais e outras celebridades da internet. Os fãs do artista foram desafiados a desvendar o mistério de quem teria roubado o colar de R$ 2 milhões. A lista era extensa, com nomes como: Pequena Lo, Gkay, Rafael Portugal e Maísa.

A humorista foi a escolhida, já que, recentemente, escureceu os fios loiros e se tornou a mais nova morena do pedaço. (inclusive, Gkay tem rebatido críticas sobre o seu novo visual).

“Dentro do storytelling que criamos, Gkay roubou o colar numa tentativa de chamar a atenção de Luan para ser a ‘morena’ do clipe. E ela super entrou na brincadeira com a gente”, explicou Júnior, responsável pelas redes sociais do cantor.

No curta, a humorista e o cantor estão aos beijos de tirar o fôlego!

Que isso em Gkay!!!!!!

Como o roteiro de um curta-metragem, o videoclipe que apresenta Morena, primeiro single de Luan Santana para a gravadora Sony Music, traz o cantor no papel de um detetive policial, que tem um caso de amor com uma colega de trabalho. Ela entra em cena na pele de Natalía, em uma superprodução dirigida por Bruno Ilogti, renomado profissional do cenário musical.

O passo a passo de cada etapa foi anunciado via Twitter, Instagram, YouTube e Tik Tok, e vai descortinando, em ritmo de suspense, as investigações sobre o fictício roubo de um colar valioso. De quebra, os seguidores desse jogo on-line interagiram com o personagem, auxiliando o policial a rastrear o objeto roubado.

Morena é o cartão-de-visitas de Luan Santana para o lançamento da carreira internacional desse astro que soma oito álbuns lançados em apenas 13 anos de carreira, entre gravações em estúdio e shows ao vivo, sendo o cantor mais tocado nas plataformas digitais nas duas últimas décadas, com mais de 1,4 milhão de execuções.

Compartilhe