Globo comemora melhor estreia da história do Globoplay: Arcanjo Renegado

Ouça essa notícia

Cena da serie "Arcanjo Renegado" feita por Marcello Melo Jr. Foto: Reprodução da internet.

A obra que retrata diferentes ângulos da guerra urbana que acomete o Rio de Janeiro, desde as invasões policiais às comunidades até os bastidores da mais alta esfera política do estado foi a melhor estreia que a Globoplay já teve, segundo a própria Globo.
Além da exibição na TV aberta, todos do elenco comemoram também os excelentes números da estreia na GloboPlay. Arcanjo Renegado foi a melhor estreia de séries de todos os tempos da plataforma. Entre sexta e domingo, após a largada da trama, tiveram mais de 360 mil horas consumidas e 1,1 milhão de vídeos views.

“A estratégia de conciliar a TV aberta ao streaming mais uma vez foi super bem sucedida. As chamadas na Globo fizeram com que o público tivesse acesso a esse conteúdo muito promissor. Elas fizeram os assinantes correrem pra assistir. comentou Erick Brêtas, diretor de Produtos e Serviços Digitais.

Os responsáveis pela trama foram José Junior, fundador do grupo Cultural AfroReggae no Rio de Janeiro, e autor também das séries ‘A Divisão’ e Heitor Dhalia, premiado diretor de cinema e documentário, na direção geral.

José Júnior, logo após a estreia, comemorou os resultados. “Acho que o sucesso da série foi uma junção de uma trama rica, que extrapola a temática policial e atinge várias classes sociais com a mobilização do Globoplay para que as pessoas tivessem acesso ao conteúdo”.
O elenco assistiu a estreia em um terraço de um restaurante no Rio de Janeiro e em festa todos comemoraram assistindo no telão os dois primeiros episódios da série exibidos no Tela Quente Especial.

Depois da exibição, a pista de dança ficou a cargo do produtor musical DJ Sany Pitbull, que assina a trilha sonora de Arcanjo. Bem no clima do que se ouve na produção, ele apostou no som de artistas periféricos. Muito festejado pelos colegas, Marcello Melo Jr., que interpreta Mikhael, falou sobre a expectativa com a repercussão de seu primeiro protagonista.

Agora, falando sobre a série…

Nessa primeira temporada a equipe de policiais é a mais bem treinada e respeitada dentro da corporação, é temida por bandidos e poderosos que andam fora da lei. À frente dela, Mikhael se vê em situações desafiadoras que também colocam à prova seus princípios. Com faro apurado para delitos, ele será envolvido numa guerra de poderes. Depois de incomodar o crime organizado, torna-se alvo também de políticos do alto escalão, que querem vê-lo longe de circulação.
Além de comandar as missões especiais do Bope, Mikhael tem outra incumbência: lidar com a atuação do jornalista Ronaldo Leitão (Álamo Facó). De forma independente, com celular e câmera à mão, Ronaldo denuncia abusos cometidos nas comunidades cariocas durante as operações policiais em matérias publicadas em seu blog. Ironicamente, os diferentes pontos de vista de Mikhael e do jornalista acabam os aproximando.

Com 10 episódios, a produção já está disponível na íntegra no Globoplay para assinantes da plataforma de streaming. A obra é uma coprodução do Globoplay e do Multishow com a AfroReggae Audiovisual. Tem criação de José Júnior, direção geral de Heitor Dhalia e direção de André Godói.


NOVIDADES:
A segunda temporada de Arcanjo Renegado está prevista para acontecer neste ainda neste primeiro semestre, mas ainda não tem data confirmada. Ela contará com o retorno de Marcelo Mello Jr. como Mikhael Afonso, Erika Januza como Sarah, Flávio Bauraqui como Barata, Rita Guedes como Manuela Berengher, Leonardo Brício como Coronel Gabriel, Dani Suzuki como Capitã Luciana Mayumi, Bruno Padilha como Custódio Marques.

A cantora Ludmilla é uma das adições do elenco na segunda temporada da série. Ela vai interpretar uma policial militar que será próxima de Sarah, personagem de Erika Januza.

Pedro Wagner será o braço direito do personagem de Leonardo Brício e Rômulo Braga, que será um delegado. André Ramiro, Cris Vianna e Thelmo Fernandes também farão parte da nova temporada da série. O ator, professor, pesquisador e ex-BBB Rodrigo França também fará parte da nova temporada da produção.
Outra adição de elenco revelada pela jornalista Patríca Kogut do O Globo é de duas atrizes transexuais. Uma delas, Gabriela Loran, deverá interpretar uma assessora política e outra – ainda não confirmada – interpretará a namorada de um dos personagens. Entretanto, a série não dará destaque na trama para a questão da identidade de gênero.
Seguimos aguardando a segunda temporada dessa série que tá dando o que falar!

Compartilhe