Marcelo Adnet processa Mário Frias após xingamentos

Ouça essa notícia

Marcelo Adnet e Marcio Faria. Foto: Reprodução da internet

Marcelo Adnet entrou com uma queixa-crime por injúria e difamação contra Mário Frias. A ação de Adnet contra Frias foi protocolada na 42ª Vara Criminal do Rio de Janeiro e segundo a Advogada do comediante, Maíra Fernandes, há  também um pedido de indenização no processo, sem valor revelado. Agora, a defesa espera o Ministério Público marcar uma data para a audiência de conciliação. 

Em um episódio do Sinta-se em Casa liberado no Globoplay, o humorista fez uma paródia de um vídeo que tinha sido publicado pela Secretaria de Comunicação um dia antes do programa. Nele, Frias aparece andando pelo Museu do Senado, em Brasília, fazendo um discurso patriota.

Na imitação feita por Adnet, o ator parece perdido em meio aos símbolos históricos que vão surgindo nas imagens. “Descobriremos juntos, como heróis que somos, o que significa cada um desses símbolos da nossa cultura”, ironizou o humorista, direcionando a mensagem ao presidente.

“Garoto frouxo e sem futuro. Agindo como se fosse um ser do bem, quando na verdade não passa de uma criatura imunda, cujo o adjetivo que devidamente o qualifica não é outro senão o de crápula”, escreveu o secretário, irritado, ao postar um print de Adnet no vídeo que o imita em suas redes sociais. 

“Não respeitou nem a própria mulher traindo a pobre coitada em público por pura vaidade e falta de caráter”, continuou Mario. O autor finalizou chamando ele de “bobão”.

Na ocasião, o humorista ironizou as ofensas e a postura do ator, que ocupa um cargo público, em suas redes sociais: “Até o secretário recomendou! Vale conferir o post! A Secom (Secretaria de Comunicação) deve replicar em suas redes”, escreveu o comediante.

Para a advogada de Adnet, Frias teria praticado dois crimes de difamação e ao menos dez de injúria no processo. O secretário de Cultura ainda não se manifestou.

Compartilhe