NÚBIA OLIIVER DIZ TER SIDO ENGANADA SOBRE A ACUSAÇÃO DE ALICIAR MULHERES.

Ouça essa notícia
Reprodução da Internet - Núbia Oliiver em entrevista.

Em entrevista a Roberto Cabrini, no Domingo Espetacular, Núbia Óliiver falou pela primeira vez sobre as acusações de aliciar mulheres para uma quadrilha de tráfico internacional de pessoas neste domingo (6/6). Aquele caso em que a cantora Mc Mirella foi citada como vítima e que quase foi traficada

Durante a entrevista, Núbia afirmou que foi enganada por um homem que se passava por empresário do ramo de cosméticos, que a procurou para divulgar maquiagens e entrar em contato com interessadas em divulgar a marca.

“Ele pediu para eu entrar em contato com meninas que queriam fazer as ações publicitárias. Recebi os produtos dele, as meninas também iriam receber. Obviamente, iria ganhar minha comissão. Passei algumas meninas para ele, mas era para maquiagem, ele queria explodir a marca dele. Nosso primeiro contato foi em 2019. Ele me abordou para fazer essa ação. Fui enganada, fui passada para trás, como eu não sabia, executei meu trabalho”, disse ela.

Segundo a coluna de Leo Dias, a modelo chorou e afirmou estar passando pelo pior momento de sua vida devido à acusação. “Só tive danos, perdi amigos, perdi material fotográfico que eu tinha investido dinheiro, perdi patrocinadores, perdi seguidores. E ter feito minha filha passar por esse constrangimento. Pessoas me bloquearam, não queriam falar comigo, sofri ameaças nas redes sociais: ‘Vou te matar’, ‘Sua cafetina’, ‘Sua aliciadora’”.

Segundo Núbia, não era incomum que ela enviasse fotos de mulheres de biquíni para o empresário, mas ela garante que não tinha conhecimento sobre o tráfico de pessoas. “Até as minhas fotos são sensuais. Todas nós, do meu currículo de amigas, são assim, calcinha e sutiã. Se a pessoa estivesse de biquíni, eu não considero que isso seja uma foto pornográfica. Se eu soubesse alguma coisa em relação a isso, eu jamais iria conversar”.

Compartilhe