Oração do diabo: Pastor alagoano será processado por desejar morte de Paulo Gustavo

Ouça essa notícia

José Olímpio e Paulo Gustavo. Foto: Reprodução da internet

O pastor da Assembléia de Deus de Alagoas, José Olímpio, será processado pelas instituições LGBTQIA + e defensores dos direitos humanos do estado depois de dizer que estava orando para que Paulo Gustavo fosse levado à morte por ser homosexual.

Tudo começou com uma declaração do pastor sobre o estado do humorista, causando polêmica nas redes. José Olímpio, postou na última quinta-feira afirmando que, enquanto outros rezavam pela recuperação do humorista, ele orava “para que o dono dele o leve para junto de si”. A declaração de José Olímpio fez referência ao fato de Paulo Gustavo ser homossexual.

Após a repercussão negativa, o pastor excluiu a postagem e deixou seu perfil privado. Contudo, os prints já circulavam nas redes gerando revoltas.

As informações são da coluna Fábia Oliveira, do jornal O Dia.
O boletim de ocorrência contra o líder religioso será feito na próxima terça-feira (20/4).

Paulo Gustavo, continua internado e no último boletim médico ele tinha tido melhoras: saiba mais  Paulo Gustavo volta para estado crítico da Covid-19

Compartilhe