SOBRINHO DE TIMÓTEO REBATE REVELAÇÕES E CRÍTICA LUISA MARILAC: “RESPEITEM A MEMÓRIA DELE”

Ouça essa notícia
Reprodução da Internet - Timotinho.

Após a coluna do Leo Dias noticiar que Luisa Marilac veio a público revelar que “foi obrigada” a tirar Agnaldo Timóteo do armário em uma das participações dele no programa “Super Pop”, de Luciana Gimenez, o assessor de imprensa e sobrinho do cantor emitiu uma nota de esclarecimento na qual criticou Marilac.

Por meio do Instagram, nesta quinta-feira (10/6), Luisa disse que, assim como Ronaldo Ésper revelou ter sido influenciado pela produção de Gimenez, ela havia sido orientada a “cutucar” Timóteo.

“Nunca tive problemas com a Luciana, sempre foi simpática e me tratou bem. Mas, em um dos programas, a produção falou para mim o seguinte: ‘Você tem que falar que o Agnaldo Timóteo é viado’. Estava eu e Felipeh Campos. Eu falei que não ia falar, porque quem tinha que se assumir era ele. Acabou que o Felipeh falou e o Agnaldo negou. Então, existe, sim, essa orientação da produção do que você tem que falar. Acredito no Ronaldo Ésper. Acabou que no livro dele, o Agnaldo assumiu ser gay, no final das contas. Mas não cabia a mim tirar ele do armário. Ninguém tem que obrigar ninguém a sair do armário, nem por mídia”, afirmou a artista.

VEJA A NOTA:

“Ao ter conhecimento de uma notícia através da Coluna Leo Dias, a família de Agnaldo Timóteo informa que acha desnecessária a conduta de Luisa Marilac. Eu, Timotinho, assessor e sobrinho, informo que tenho uma boa relação com o programa Super Pop, de Luciana Gimenez. Levei o Agnaldo várias vezes ao programa e peço que respeitem a memória dele. Respeitem a família, a história dele na música e na política. Não será após a morte dele que iremos expor a sua vida”.

Compartilhe