TIAGO ABRAVANEL REPUDIOU FALAS DE SUA TIA PATRÍCIA E MANDOU UM RECADO: “NÃO FOI LEGAL”

Ouça essa notícia
Reprodução da Internet - Tiago e Patrícia Abravanel.

Nesta terça-feira (01/6),  durante o seu programa no SBT “Vem Pra Cá”,  a filha de Silvio Santos expôs opinião sobre o caso da Rafa Kalimann e Caio Castro que postaram o vídeo de um pastor dizendo não concordar com o casamento gay, mas respeitar. Patrícia não teve cautela nas palavras e foi criticada por internautas e, inclusive, por seu sobrinho Tiago Abravanel. 

Reprodução da Internet.

O ator repudiou o discurso da tia em suas redes sociais e ainda mandou um recado.

Os comentários de Patrícia Abravanel pedindo mais tolerância aos conservadores no programa Vem repercutiram bastante nas redes sociais e o sobrinho gravou um vídeo no Instagram contando como se sentiu e dando alguns conselhos para a apresentadora.

“Vamos falar sobre um assunto delicado. Hoje, minha tia, a Patrícia Abravanel, fez um comentário no programa que me pegou de um jeito que não foi legal. O comentário que ela fez foi em cima de um ocorrido com a Rafa Kalimann e o Caio Castro anteontem. Eles postaram um vídeo de um pastor falando que não concordava com o casamento gay, mas que respeitava. Isso gerou algumas retratações deles e aí, a Patrícia e o Gabriel Cartolano comentaram”, disse Tiago sobre os apresentadores do Vem Pra Cá.

“Resolvi fazer esse vídeo porque acho que, assim como ela falou ao vivo o que ela pensa, acho que também preciso falar o que penso aqui nas minhas redes. Tentar falar para você, tia, como eu me senti assistindo, tá? acho que, em primeiro lugar, orientação sexual não é uma questão de opinião. É uma questão de respeito. Você não precisa ser como eu, mas precisa respeitar quem eu sou e ponto final”, falou o artista, se dirigindo a Patrícia.

“Opinar, você opina se uma roupa é bonita ou feia para você. Se você quer café ou chá ou se você gosta de doce ou salgado. A orientação sexual não é da opinião de ninguém. A não ser da pessoa que escolheu ser aquilo que ela é. Escolheu não. Ela nasceu assim, então, não é uma questão de opinião. Ponto. Quando se opina em relação a isso é um ato homofóbico”, pontuou ele.

“A partir do momento que você vai pra TV e fala o que você bem entende, você é responsável por aquilo. Não dá pra passar a mão na cabeça. Se você tem vontade de saber, procure saber, vai atrás. Essa responsabilidade é sua. Me preocupa ver o Cartolano tentar te explicar e eu sentir, pode ser uma impressão minha, mas eu senti que não houve uma atenção de fato ao que ele estava falando. Se você quer saber, procure saber”, finalizou Tiago.

Reprodução da Internet – Tiago Abravanel.

Compartilhe