“VEM PRA CÁ” TENTA UNIR “GRÁVIDA DE TAUBATÉ” E CRIS FLORES MAS EQUIPE É AGREDIDA. VEJA

Ouça essa notícia
Reprodução da Internet - SBT tenta unir "Grávida de Taubaté" e Cris Flores mas equipe de reportagem é agredida.

O “Vem Pra Cá” desta terça-feira (6/7) tentou promover um encontro de Cris Flores, ex-apresentadora do “Hoje Em Dia” da Record, com a Maria Verônica Aparecida César Santos, a “Grávida de Taubaté”. No entanto, a equipe do SBT foi agredida pelo marido de Verônica que chegava da rua e impediu que o encontro virtual acontecesse.

No estúdio do matinal todos ficaram surpresos com a atitude do homem. Cris Flores e Patricia Abravanel , lamentaram tal atitude e a jornalista concluiu que ele fosse, de fato, o companheiro de Maria Verônica.

“Toda essa história deve ter causado um trauma muito grande neles. Por isso que acho que não teve uma má intenção, de prejudicar alguém. E acho que ela percebeu que só prejudicou a si mesma”, declarou Chris.

A ex-funcionária da Record, que apresentava o “Hoje em Dia” na época em que a notícia foi revelada –há nove anos–, levantou a possibilidade de a família da moça ainda sofrer com o golpe que ela tentou aplicar.

“Talvez, para ela, já esteja superado, mas o marido pode não ter superado ainda. Devem perguntar como ele não descobriu que a gravidez era falsa, devem acusá-lo de ser cúmplice… Deve ser difícil. A pessoa fica prisioneira da própria mentira”, completou a apresentadora do “Fofocalizando”. 

Chris Flores ainda mandou um recado a Maria Verônica: “O que eu tenho para dizer a ela é que a gente não pode mudar o passado. E eu sei que ela é uma pessoa que tem fé. Acredite, você pode escrever uma nova história. Mas entendo esse tipo de atitude. Eu lamento, mas ainda tenho amor no coração para dar para ela”.

Em janeiro de 2012, a pedagoga Maria Verônica Aparecida — até então desconhecida — surgiu em rede nacional mostrando sua gravidez ao lado do marido Kléber Eduardo Melo. Só que não era uma gravidez qualquer, tratava-se da espera de quadrigêmeas: Maria Klara, Maria Eduarda, Maria Fernanda e Maria Vitória.

A farsa foi assumida na madrugada do dia 20 de janeiro de 2012. Quando o mistério foi revelado pelo advogado da ‘Grávida de Taubaté’ que afirmou que o tempo todo ela estava usando “uma barriga de silicone” e também enchimentos. 

Nove anos depois de comover o Brasil, a Internet ainda não esqueceu da mulher que fingiu esperar quadrigêmeas e ganhou os holofotes.

Veja a repercussão:

Compartilhe